"O tal 'centro', como é chamada a velha direita envergonhada de FHC, simplesmente não existe. Perde até para 'nenhuma das alternativas'", escreve Ricardo Kotscho, do Jornalistas pela Democracia. "Tudo pode mudar radicalmente, e ainda não sabemos nem como vamos chegar ao final de 2019", completa

(Foto: Marcos Corrêa/PR | @oruebrasileiro/@midianinja)

Brasil 247

Por Ricardo Kotscho, no Balaio do Kotscho e para o Jornalistas pela Democracia

De todos os números divulgados hoje pela nova pesquisa FSB/Veja, podemos tirar duas conclusões:

Entre os possíveis candidatos da oposição de esquerda, Lula é o único que pode derrotar o bolsonarismo em 2022.

O tal “centro”, como é chamada a velha direita envergonhada de FHC, simplesmente não existe. Perde até para “nenhuma das alternativas”.

A briga entre duas parlamentares atingiu níveis de extrema violência retórica no Twitter. Carla Zambelli (PSL-SP) havia insinuado que Joice Hasselmann (PSL-SP) debochara de seu aborto espontâneo, ao que Joice retrucou com uma foto de Zambelli com a camisa do Femen

Brasil 247

247 - A briga entre duas parlamentares atingiu níveis de extrema violência retórica no Twitter.

Uma imitação da voz do ex-presidente Lula está agora disponível no Waze, principal aplicativo de GPS usado por motoristas. Até bem pouco tempo, quem usava o aplicativo Waze, que dá informações sobre rotas a partir da localização do celular do usuário, tinha duas opções de vozes no Brasil: o Mário e a Alessandra

(Foto: Stuckert)

Brasil 247

Da Rede Brasil Atual - Uma imitação da voz do ex-presidente Lula está agora disponível no Waze, principal aplicativo de GPS usado por motoristas.

Falando Verdades

Bolsonaro que é palmeirense declarado, mas foi assistir hoje (5) o jogo Flamengo vs Avaí no Maracanã e que terminou em goleada do Flamengo de 6 a 1 sobre o Avaí. Segundo informações da Folha de São Paulo, torcedores começaram a vaiar Bolsonaro, ao passo que ele “começou a ser aplaudido pelos presentes no Camarote“.

Esmael Morais

Roberto Requião, 78 anos, três vezes governador, duas vezes eleito senador e uma vez prefeito de Curitiba. Sempre pelo mesmo partido, o MDB, que até ‘ontem’ era PMDB.

Durante a semana que passou o velho emedebista fez um solene anúncio com exclusividade ao Blog do Esmael: “Cansei do MDB”.

Vi o Mundo

EUA Demandam Repressão e Prisão de Lula

por Marcelo Zero*

Não há dúvida de que há uma crise mais ou menos generalizada dos sistemas democráticos no mundo.

A causa última e fundamental dessa crise tange à crescente desigualdade social, à erosão do Estado de Bem-Estar e à falta de geração de empregos de qualidade, ocasionadas pelas políticas neoliberais e de austeridade, combinadas com uma crise econômica que não dá mostras de ser efetivamente superada.

POR FERNANDO BRITO

A entrevista de agora há pouco, onde o governador João Dória disse que “é uma circunstância inaceitável que a melhor polícia do Brasil utilize de violência ou de força desproporcional, sobretudo quando não não há nenhuma reação de agressão” e na qual se disse “chocado” com os atos de violência registrados em diversos vídeos de ações de PMs sobre moradores de comunidades pobres tem mais do que a hipocrisia com que governantes se expressam nestas ocasiões.

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann, comentou a fala de Bolsonaro que cogita dar um golpe para continuar presidente.

Ela disse que isso é natural para quem defende a ditadura e a tortura.

Leia a mensagem postada pela petista:

Gleisi Hoffmann

✔@gleisi

Bolsonaro é fruto de um golpe. Quer mais um? Natural pra quem defende ditadura e tortura. Sua eleição é resultado da prisão de Lula e da indústria da fake news revelada pela deputada do PSL.

Nossa Politica

O partido de Bolsonaro nasce com uma cabeça enorme, localizada em Brasília, e um corpo minúsculo, sem qualquer enraizamento político nos estados e municípios. 

De Helena Chagas, do site Os Divergentes:

O TSE deu uma mãozinha ao presidente Jair Bolsonaro ao formar maioria a favor da liberação do uso de assinaturas eletrônicas para a criação de partidos. Nada demais, vale para ele e para todo mundo.

Via -Pátria Latina

Por Frei Betto, no site Correio da Cidadania:

A Amé­rica La­tina, com 638 mi­lhões de ha­bi­tantes, é hoje a re­gião de maior de­si­gual­dade no mundo. Após uma dé­cada de re­dução da po­breza e da de­si­gual­dade, os ín­dices voltam a pre­o­cupar, de­vido à so­ne­gação fiscal e o corte de pro­gramas so­ciais. Como as eco­no­mias na­ci­o­nais re­tro­ce­deram, hoje 20% da po­pu­lação são con­si­de­rados vul­ne­rá­veis.
Carregando